Passar para o Conteúdo Principal

Poesia de António B. Coutinho

20120622163503487147 1 1024 800
22 Junho 2012

Sete dezenas de poemas de António Bártolo Coutinho. Dez ilustrações de Francisco Cardia. Em “Montesia”, o segundo livro de poemas de António B. Coutinho, depois de “52 Quase Poemas”, editado em 2011, a poesia é livre, por vezes sofrida, algumas vezes de amor, salpicada de um romantismo ora escondido, ora exuberante. Poesia ainda de saudade, do dia-a-dia, de sonhos, de pensamentos utópicos, irrealizáveis, de dúvidas e de inquietações.

António Pereira Bártolo Coutinho, 39 anos, nascido em Luanda (Angola), mas com raízes no Arcozelo da Torre, onde reside, lança agora “Montesia” sob a chancela das “Edições Esgotadas” no dia 30 de Junho, às 16 horas, no auditório Afonso Ribeiro da Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro, em Moimenta da Beira.