Passar para o Conteúdo Principal

Três concelhos celebram os 50 anos da Barragem de Vilar

20150417192352515774 1 980 2500
17 a 27 Abr 2015
Moimenta da Beira, Sernancelhe e Tabuaço assinalarão no dia 26 de abril, em conjunto, os 50 anos da inauguração da Barragem de Vilar, uma estrutura erguida no curso do rio Távora, perto da aldeia de Vilar, Moimenta da Beira, que para além de regularizar os caudais deste rio, serve ainda para abastecer de água a central hidroeléctrica localizada em Távora, Tabuaço, destinada à produção de energia eléctrica. A albufeira é também utilizada actualmente para a captação de água destinada ao abastecimento público de parte daqueles três concelhos, que constituem a Associação Regional dos Municípios do Vale do Távora.

Moimenta da Beira, Sernancelhe e Tabuaço assinalarão no dia 26 de abril, em conjunto, os 50 anos da inauguração da Barragem de Vilar, uma estrutura erguida no curso do rio Távora, perto da aldeia de Vilar, Moimenta da Beira, que para além de regularizar os caudais deste rio, serve ainda para abastecer de água a central hidroeléctrica localizada em Távora, Tabuaço, destinada à produção de energia eléctrica. A albufeira é também utilizada actualmente para a captação de água destinada ao abastecimento público de parte daqueles três concelhos, que constituem a Associação Regional dos Municípios do Vale do Távora.

O programa, que contará com a presença do secretário de estado da Administração Local, António Leitão Amaro, inclui o descerramento de três placas comemorativas da efeméride. A primeira, às 14h20, na central hidroeléctrica, em Távora; a segunda, às 15h30, na estrutura da ponte da própria barragem, na aldeia homónima; e a terceira, às 16h00, no Centro Interpretativo, na aldeia da Faia, Sernancelhe, onde será servido um beberete aquiliniano.

A Barragem de Vilar foi inaugurada em 29 de abril de 1965 pelo então Presidente da República Américo Thomaz. A estrutura de betão possui uma altura de 58 metros acima da fundação (55 metros acima do terreno natural) e um comprimento de coroamento de 240 metros. Tem uma capacidade instalada de produção de energia eléctrica de 58 MW. E a albufeira, com praia fluvial legalizada, tem uma capacidade total de 99.750.000 milhões de metros cúbicos de água.