Passar para o Conteúdo Principal

I Congresso Internacional do Caminho de Santiago – Caminho de Torres

I 1 980 2500
17 e 18 Jun 2021

Depois da apresentação pública, sexta-feira passada, no Santuário da Lapa, é agora a vez do I Congresso Internacional do Caminho de Santiago – Caminho de Torres que terá lugar em Amarante, no Centro Cultural Maria Amélia Laranjeira, amanhã e depois, quinta e sexta-feira.

Ao longo dos dois dias, o Caminho de Santiago e, em particular, o Caminho de Torres, vai ser discutido por diversos especialistas nacionais e internacionais, designadamente de Espanha, França, Itália e Noruega. Francisco Cardia, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, vai intervir no primeiro painel de quinta-feira com o tema “Os poderes públicos e os caminhos de peregrinação em Portugal. Desafios e respostas”.

O congresso contará com a participação da Ministra da Cultura, Graça Fonseca, da Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, do Presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, do Diretor-Geral do Património Cultural, Bernardo Alabaça, do Presidente da Entidade Regional do Turismo Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins e do Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, António Cunha.

O evento, organizado pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, será em formato híbrido, ou seja, presencial no Centro Cultural de Amarante para oradores e parceiros do projeto, dada a lotação do espaço imposta pela DGS devido à pandemia de COVID-19, e online, para o público em geral. A inscrição é gratuita, mas obrigatória e pode ser feita aqui ao preencher o formulário eletrónico.

Em comunicado a CIM do Tâmega e Sousa esclarece que "neste congresso procurar-se-á debater o papel do património enquanto oportunidade na definição de uma estratégia territorial, bem como a gestão regional e inter-regional de bens patrimoniais, tomando como exemplo a experiência associativa destas cinco comunidades intermunicipais em torno do Caminho de Torres".

A CIM do Tâmega e Sousa é a entidade líder do projeto “Valorização Cultural e Turística do Caminho de Santiago – Caminho de Torres”, em parceria com a CIM Douro, a CIM Alto Minho, a CIM do Ave e a CIM Cávado.