Passar para o Conteúdo Principal

Geadas provocaram prejuízos

02 Maio 2013

As geadas ocorridas nas madrugadas do último domingo e segunda-feira, 28 e 29 de Abril, provocaram enormes prejuízos nos pomares de maçã da região de Moimenta da Beira. O presidente da Associação de Fruticultores da Beira Távora, Humberto Matos, fala em “60% a 70% da produção perdida” e diz que o que aconteceu “foi muito grave”.


As geadas ocorridas nas madrugadas do último domingo e segunda-feira, 28 e 29 de Abril, provocaram enormes prejuízos nos pomares de maçã da região de Moimenta da Beira. O presidente da Associação de Fruticultores da Beira Távora, Humberto Matos, fala em “60% a 70% da produção perdida” e diz que o que aconteceu “foi muito grave”.

Ao prejuízo causado, acresce ainda o facto de “50% dos fruticultores não terem feito seguro de colheitas para a campanha de 2013, porque as companhias seguradoras levantaram inúmeros obstáculos que impediram muitos de fazer o respectivo seguro. Uma anormalidade”, sublinha ainda o dirigente.

Em Moimenta da Beira e na região são produzidas metade da maçã que o país consome, 100 mil em 200 mil toneladas por ano.

 

Foto: DR