Passar para o Conteúdo Principal

Arcos do Externato na Sic

20130115143452313245 1 980 2500
14 Janeiro 2013

A história do dia do levantamento popular contra a demolição dos arcos do Externato Infante D. Henrique, há 50 anos (2 de Abril de 1962), vai ser reconstituída para os “Perdidos e Achados” da Sic. A gravação das imagens e dos testemunhos dos estudantes que viveram aqueles momentos, começou hoje a ser feita por uma equipa de reportagem daquela estação de televisão. O programa será emitido durante o próximo mês de Fevereiro, em dia ainda a fixar.


A história do dia do levantamento popular contra a demolição dos arcos do Externato Infante D. Henrique, há 50 anos (2 de Abril de 1962), vai ser reconstituída para os “Perdidos e Achados” da Sic. A gravação das imagens e dos testemunhos dos estudantes que viveram aqueles momentos, começou hoje a ser feita por uma equipa de reportagem daquela estação de televisão. O programa será emitido durante o próximo mês de Fevereiro, em dia ainda a fixar.

A forma e o desenho arrojado dos arcos do externato de Moimenta da Beira foram inspirados pela obra do arquitecto brasileiro Óscar Niemeyer, comunista, que desapareceu recentemente. A sua construção, porém, foi sempre do desagrado das autoridades portuguesas do antigo regime, que deram ordem de demolição. Os estudantes opuseram-se e o povo da vila juntou-se aos revoltosos depois de ouvir os sinos da igreja tocarem a rebate, impedindo que naquele dia os arcos fossem destruídos.

  • Arcos 3