Passar para o Conteúdo Principal

Nos “150 anos de ‘Amor de Perdição’”

20130108155254451339 1 980 2500
08 Janeiro 2013

A propósito das comemorações dos 150 anos da publicação de “Amor de Perdição”, romance que é ícone da vida literária de Camilo Castelo Branco, a Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro, em Moimenta da Beira, evoca a obra e o escritor com uma exposição no átrio do edifício.


A propósito das comemorações dos 150 anos da publicação de “Amor de Perdição”, romance que é ícone da vida literária de Camilo Castelo Branco, a Biblioteca Municipal Aquilino Ribeiro, em Moimenta da Beira, evoca a obra e o escritor com uma exposição no átrio do edifício.

O conjunto expositivo, patente ao público até dia 25 de Janeiro, é simples e limitado, mas suficiente para relembrar um escritor maior da literatura portuguesa.

Em algumas vitrinas podem ser apreciados livros, objectos comemorativos (notas e moedas), bustos do escritor e alguma faiança que celebra também o romancista.

Com a publicação de “Amor de Perdição”, em 1862, Camilo Castelo Branco, um dos expoentes do romantismo em Portugal, alcança grande popularidade.

  • Camilo 3
  • Camilo 4