Passar para o Conteúdo Principal

Maria Veleda, feminista e livre pensadora

20130307094855573075 1 980 2500
07 Março 2013

Dedicou a vida aos ideais de justiça, liberdade, igualdade e democracia e empenhou-se na construção de uma sociedade melhor, onde todos pudessem ser felizes. Maria Veleda (1871-1955) semeou ideias, iniciou processos de mudança nas práticas sociais e lançou o debate sobre os lugares, os papéis e os poderes de mulheres e homens num mundo novo. Especialmente os das mulheres, já que foi uma das que mais lutou pelos seus direitos.


Dedicou a vida aos ideais de justiça, liberdade, igualdade e democracia e empenhou-se na construção de uma sociedade melhor, onde todos pudessem ser felizes. Maria Veleda (1871-1955) semeou ideias, iniciou processos de mudança nas práticas sociais e lançou o debate sobre os lugares, os papéis e os poderes de mulheres e homens num mundo novo. Especialmente os das mulheres, já que foi uma das que mais lutou pelos seus direitos.

O papel de Maria Veleda - que se estendeu ainda à docência e passou também como republicana dos sete costadas, livre pensadora e espiritualista – está retratado em 18 painéis, cedidos pela Biblioteca Municipal de Lisboa, que preenchem o espaço do átrio dos Paços do Concelho, em Moimenta da Beira.

A exposição, patente ao público até dia 28 de Março, celebra ainda o Dia Mundial da Mulher (8 de Março).

  • Maria Veleda 3