Passar para o Conteúdo Principal

Recordar a Grande Guerra 1914-1918

20141024172341835950 1 980 2500
24 Outubro 2014
A Primeira Guerra Mundial, que ficou também conhecida como a “Grande Guerra”, começou há 100 anos (1914) e durou quase até finais de 1918. Os factos históricos, as causas e as razões do conflito onde morreram cerca de nove 9 milhões de pessoas e terão ficado feridas perto de 30 milhões, estão explicadas em treze painéis expostos no átrio dos Paços do Concelho de Moimenta da Beira.

A Primeira Guerra Mundial, que ficou também conhecida como a “Grande Guerra”, começou há 100 anos (1914) e durou quase até finais de 1918. Os factos históricos, as causas e as razões do conflito onde morreram cerca de nove 9 milhões de pessoas e terão ficado feridas perto de 30 milhões, estão explicadas em treze painéis expostos no átrio dos Paços do Concelho de Moimenta da Beira.

A mostra, que vai estar patente ao público até dia 21 de novembro, inclui e aclara também a intervenção de Portugal na contenda através do Corpo Expedicionário Português, e recorda ainda a participação na guerra do soldado Alípio Casimiro, de Moimenta da Beira, e de outros 81 heróis também nascidos no nosso concelho, dois deles com fotografia exposta numa segunda vitrina: António Soares, de Moimenta da Beira, e António Silva Matos, de Arcozelo da Torre.

Da lista dos soldados, Alvite consta com 5, Arcozelos 9, Baldos 4, Cabaços 4, Caria 6, Castelo 2, Leomil 8, Moimenta da Beira 13, Paçô 7, Sarzedo 1, Sever 4, Vila da Rua 2, Vilar 4, União das Freguesias de Paradinha e Nagosa 4, União das Freguesias de Peravelha, Aldeia de Nacomba e Ariz 5 e União das Freguesias de Peva e Segões 4.

  • c
  • d