Passar para o Conteúdo Principal

Moacir Andrade recordado em exposição no átrio dos Paços do Concelho

Moacir capa 1 1024 800
12 Agosto 2020

Foi considerado o maior pintor paisagista do mundo e esteve em Moimenta da Beira duas vezes (1986 e 1991), expondo alguns dos trabalhos, quase todos inspirados na realidade amazónica, região do Brasil onde nasceu em 1927 e que retratou em toda a sua riqueza e complexidade.

Essas passagens por Moimenta da Beira, encetadas por Moacir Andrade, são agora marcadas por uma simbólica exposição no átrio dos Paços do Concelho. São oito quadros assinados pelo pintor e um trabalho que o evoca feito por Tânia Moura, uma moimentense apaixonada pela obra do artista da amazónia. Há ainda excertos de entrevistas, pinturas policopiadas e textos sobre o protagonista da mostra.

É justo também relembrar, postumamente, Eurico de Andrade Alves, moimentense também, que enquanto presidente da Associação Internacional dos Amigos de Ferreira de Castro foi o responsável por aquelas passagens do pintor em terras de Moimenta da Beira.

Moacir Andrade faleceu no dia 27 de julho de 2016, em Manaus, capital do Estado do Amazonas, onde sempre viveu e trabalhou.

cartaz_exp_recordando_moacir_andrade
dsc_0175
dsc_0174
dsc_0180