Passar para o Conteúdo Principal

“Resistência” no palco maior da Expodemo, dia 13 de setembro, em Moimenta da Beira

Resistencia  1  1 1024 800
01 Julho 2019

É uma das bandas de maior sucesso em Portugal. Um supergrupo que junta em concerto uma constelação de estrelas única. Nove, todas com brilho próprio: Tim, dos Xutos & Pontapés (voz e guitarra); Miguel Ângelo, dos Delfins (voz); Olavo Bilac, dos Santos & Pecadores (voz); Alexandre Frazão (bateria); Fernando Cunha (voz e guitarra 12 cordas); Fernando Júdice (baixo); José Salgueiro (percussões), Mário Delgado (guitarra) e Pedro Jóia (guitarra clássica). A banda vai subir ao palco maior da Expodemo, dia 13 de setembro, às 22h30, em Moimenta da Beira. A entrada é livre.

Os “Resistência” nasceram em 1991. A estreia com ‘Palavras ao Vento’ foi fulgurante. Depois, deram balanço ao tema original dos Sitiados “A noite”. Esta versão dos Resistência ganhou tal dimensão que a música mais facilmente lhes é atribuída do que aos próprios autores. Acontece o mesmo com o tema “Amanhã é Sempre Longe Demais”, dos Rádio Macau. Mas não pensem que são apenas dois acasos fortuitos. Quem nunca disse que gostava de “Nasce Selvagem” ou “Não sou o único”, dos Resistência? Pois… na verdade, são temas dos Delfins e dos Xutos & Pontapés, respetivamente.

Já resistem há quase três décadas. Até quando resistirão? Miguel Ângelo lembra Cohen, que cantou até ao final, Dylan, que não para (“continua numa never ending tour”), os Stones idem. Por isso, diz: “Somos um coletivo que quando tem disponibilidade se junta, vai para a estrada e faz concertos. Até quando iremos? Até ao fim. É, para já, o nosso pacto.”

A Expodemo, em Moimenta da Beira, vai realizar-se este ano de 2019 nos dias 13, 14 e 15 de setembro, como sempre um fim-de-semana alargado (sexta, sábado e domingo) para acolher o melhor cartaz de todos os certames da região, certame que já tem um público fiel, mas promete boas sensações a todos. O evento é uma feira de negócios, é a Festa da Maçã, fruto da terra, das raízes e da Luz, que se assume hoje como um importante cartaz turístico e cultural organizado pela Câmara Municipal de Moimenta da Beira, coração da maçã.

111