Passar para o Conteúdo Principal

Mais de 12 mil flores vão ornamentar 17 andores na Procissão de S. João, em Moimenta da Beira

Andor de s  joao  em moimenta da beira 1 1024 800
18 Junho 2019

Os andores que incorporarão a procissão de S. João, dia 24 de junho, a partir dar das 18 horas, em Moimenta da Beira, podem comparar-se à beleza exuberante dos carros alegóricos da Festa da Flor na Madeira? Os organizadores dos festejos sanjoaninos moimentenses garantem que sim e avançam com números: 17 andores (uma tonelada cada um) forrados com 850 metros de tecido e ornamentados com mais de 12 mil flores naturais. A isto junta-se ainda o trabalho de criação com as flores e adereços que é pensado ao pormenor, tendo em conta a história fiel e acontecimento bíblico de cada uma das 17 imagens que integram o cortejo, cortejo que vai juntar mais de 200 figurantes e demorar cerca de três horas a percorrer as ruas da vila, um percurso que será acompanhado por quatro bandas e uma fanfarra, num total de 300 músicos.

Ora, se e a Festa da Flor é um evento cultural português e um dos principais cartazes turísticos da Madeira que atrai à ilha milhares de turistas, a procissão de S. João em Moimenta da Beira é, à sua medida, asseguram os organizadores, também uma marca forte na região que atrai milhares de pessoas à vila que, nesse dia está mais engalanada do que nunca. Até porque é o dia maior dos festejos, o dia mais cheio e mais simbólico de todo o programa. Começa às cedo, às 7 horas, com uma alvorada de 24 morteiros, e acaba tarde com uma noite/madrugada dançante ao som do gripo de baile “Arkadia”.