Passar para o Conteúdo Principal

Cartunes, caricaturas, desenhos de humor e retratos de Onofre Varela expostos no átrio da Câmara

Onofre varela  foto 1  1 1024 800
06 Novembro 2018
É um dos grandes cartunistas do país. E vinte dos seus trabalhos, entre retratos, desenhos de humor, cartunes e caricaturas, vão estar expostos ao público, de 9 de novembro a 16 de dezembro, no átrio da Câmara Municipal de Moimenta da Beira. A inauguração, com a presença do artista, ocorrerá às 17 horas da próxima sexta-feira, primeiro dia da mostra.

Onofre Varela deu nome à sua exposição: “Rostos & Riso”. “Rostos, porque tem retratos que fiz para ilustrar a História de Portugal de José Hermano Saraiva; e Riso, porque tem desenhos de humor, sátira e caricatura”, explica o autor.

Um resumo curricular de Onofre Varela: Nasceu no Porto, em 1944, estudou Pintura e seguiu uma carreira de criativo gráfico, ilustrador, caricaturista, cartunista e banda-desenhista. Iniciou-se no mundo do trabalho aos 13 anos como aprendiz de tipógrafo. Aos 16 anos era aprendiz de desenhador litográfico, e ao mesmo tempo estudava Pintura Decorativa, em curso noturno com o estatuto de trabalhador-estudante, na Escola de Artes Decorativas Soares dos Reis (Porto). Aos 20 anos, ao serviço do Exército, foi enviado para a Guerra Colonial na frente norte de Angola (Dembos). Aí, colaborou com a revista Notícia (1966-1967), de Luanda, fazendo banda desenhada para o suplemento infantil Pica-Pau. Regressado em 1968, foi criativo gráfico em Agências de Publicidade, antes de entrar na imprensa periódica pela porta do jornal O Primeiro de Janeiro, inicialmente como free-lancer (a partir de 1969) e depois como quadro da Redação (1978-1981). Colaborou com a RTP (Canal 1) no programa da manhã Às Dez, fazendo desenhos em direto.
 
Ilustrou manuais escolares para a Editora Educação Nacional e Porto Editora, e foi Diretor Gráfico da revista Encontro, suplemento semanal do jornal O Comércio do Porto (1990).

Criou o grafismo do vespertino Notícias da Tarde (1981-1989), e da primeira série do jornal O Jogo (1989-1990). Terminou a carreira profissional no Jornal de Notícias com o cargo de Ilustrador Principal.

Convidado para a aposentação antecipada, em Janeiro do ano 2000, dedicou-se à escrita e ao teatro como ator de revista no palco do Teatro Sá da Bandeira (Porto). Estudou representação teatral no TEP (Teatro Experimental do Porto) e desempenhou vários papéis em três revistas e três comédias com digressão pelo país. Na escrita é autor de sete livros de humor e ensaio.

Recebeu alguns prémios e várias distinções, entre os quais se contam uma Menção Honrosa da ONU (1984), o Prémio Nacional de Ilustração de Imprensa no X Salão Nacional de Caricatura, Oeiras (1996), e o título de "Professor Honorífico del Humor" da Universidade de Alcalá de Henares, Madrid (1998).
  • Onofre  2  1 1024 683

    Um dos cartunes de Onofre Varela que estarão expostos

    Onofre  2  1 139 90
  • Onofre  1  1 1024 683

    Um dos retratos (é Jaime Gama) de Onofre Varela que estarão expostos

    Onofre  1  1 139 90